Prezado leitor,

Com base na minha experiência clínica, afirmo que a anestesia desempenha um papel crucial na prática odontológica, especialmente em procedimentos cirúrgicos e estéticos, como a bioplastia. O objetivo deste artigo consiste em apresentar e sistematizar as técnicas anestésicas mais amplamente utilizadas na bioplastia, visando garantir um procedimento seguro e confortável para o paciente.

Através da aplicação de bloqueios regionais e infiltrações anestésicas em mais de 5000 pacientes, os autores deste estudo conseguiram comprovar a eficácia dessas técnicas, sem ocorrência de casos de injeção intravascular inadvertida ou relatos de intoxicação aguda pelos anestésicos locais, bem como de neuralgias após o procedimento. É imprescindível destacar que o conhecimento da topografia e das relações anatômicas do nervo trigêmeo, que é o maior nervo sensitivo da face e, portanto, o principal alvo da anestesia na bioplastia, é de extrema importância.

Existem várias modalidades anestésicas, sendo os bloqueios nervosos e a anestesia infiltrativa as mais comumente empregadas. É crucial ter em mente a técnica adequada para a inserção da agulha, evitando rupturas e torções indesejadas. As anestesias infiltrativas locorregionais para os ramos do nervo trigêmeo podem ser realizadas através das vias de acesso bucal ou facial, sendo a primeira opção preferível devido ao menor desconforto para o paciente.

Para cada região a ser tratada, há uma técnica de bloqueio específica, como o bloqueio simultâneo do nervo supraorbitário e do supratroclear para a região do terço superior da face e dorso nasal, ou o bloqueio do nervo infraorbitário para o lábio superior ou a ponta nasal. A infiltração local é realizada utilizando-se a microcânula de Nácul adaptada à seringa de Carpule, a fim de minimizar a formação de hematomas e evitar injeções intravasculares.

Portanto, a anestesia local é uma técnica segura e eficiente que deve ser empregada na bioplastia, visando assegurar o conforto do paciente e a realização bem-sucedida do procedimento. O conhecimento da topografia do nervo trigêmeo e das técnicas de anestesia adequadas são fundamentais para se obter resultados satisfatórios. É importante ressaltar que a anestesia na bioplastia é um método ambulatorial, permitindo ao paciente retornar imediatamente às suas atividades cotidianas. Espero ter contribuído para a sua formação como profissional da odontologia.

Deixe um comentário

Abrir bate-papo
1
Faça sua cotação agora mesmo.
Escanear o código
Olá 👋
Bem vindo ao site da Rotta Digital. Como podemos te ajudar hoje?